26 de setembro de 2008

Mais indagações sobre a Arte

Existem dois tipos de pessoas: Os que apreciam a Arte e os que são pervertidos.
Em plena quinta-feira, depois de um dia exaustivo, lembrei-me que a Arte ameniza meu stress e me desloquei até a Universidade para contemplar algumas apresentações.
Ao chegar, logo no hall de entrada , com o que me deparo? Com um jovem, de apresentável porte físico, completamente nu. Na verdade ele tinha algo cobrindo os pés.
Eu já estava preparada, tenho forte vínculo com esse mundo artístico, mas e aqueles universitários que só tinham o propósito de assistir aula naquele dia? Quão grande foi o espanto! Por uns minutos parei de apreciar a Arte e observei as expressões faciais e comentários: " Meu Deus! Isso é pornografia!", "É verdade, como permitiram?", mas as donas de tais comentários não se preocupavam em deixar o local, pelo contrário, mantinham os olhos fixos na manifestação artística.
Nunca na história daquela Universidade tantas pessoas se interessaram pelo mesmo assunto, e como é impressionante: meu nível de stress realmente baixou.

7 comentários:

F33RR&t1 disse...

O teu stress baixou então, tem um trocadalho do carilho muito bom, mas não vou usá-lo. Ano passado teve algum tipo de arte assim também e acho que era um professor ainda, sei la...por que não uma mulher???

Neto disse...

ainda bem q não fui a aula entao
ashushauhsa

Finito Carneiro disse...

Um cara nu? Por acaso era uma exposição de pirulitos?

Mauricio Toczek disse...

E o cara que se depilou e queimou os pelos em público? Era o TCC dele.

Neto disse...

barraco????
pois é o barraco mais lindo, poético e divertido do mundo ^^
adorooo
bjooo, passe em minha casa nova siempre girl

Tatiana disse...

Eu sempre acho que não entendo muito de arte. mas essa seria uma forma interessante de testar meus conhecimentos a respeito. Hahahaha

Bjooo!

Fernanda Belini Lemos disse...

Eu sei muito bem porque seu nível de stress baixou! (risos)
Saudades Mi!

Grande beijo!