3 de fevereiro de 2008

E se não der certo?

O que está havendo com o mundo? Consciência coletiva não funciona, vou criar um mundo melhor para mim, sem querer ser egoísta, é até bom que cada um crie o seu.
Não quero me inspirar em ninguém, e nada de idéias fixas, prefiro ser qualquer coisa do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo.
Vou perder o medo da chuva, afinal a chuva é minha amiga, não vai me resfriar. Preciso perder o medo de mutas coisas e assim caminhar pro futuro, porque se hoje sou estrela amanhã já se apagou.
Não vou me esforçar pra ser normal, vou descobrir o que sou, e não importa à quanto tempo eu nasci, se for preciso reclamar, eu também vou reclamar!
Como vovó já dizia: Quem não tem visão bate a cara contra o muro.
É preciso fazer alguma coisa, não quero ficar aqui com a boca escancarada cheia de dentes esperando a morte chegar, a terra não pode parar!
Mas não quero nenhum cargo político, é perigoso, alguém pode querer me assassinar, queria ser um pequeno inseto com liberdade para voar e azucrinar.
Pensei em algo que soa bem: Uma sociedade alternativa, quem não concorda pode partir sem problema algum.
E se nada der certo, eu tento outra vez!

3 comentários:

Mauricio disse...

Nossa! Um belo texto. Eu queria aprender a escrever bastante com poucas palavras, mas não consigo. Meus textos sempre ficam gigantes. E o Raulzito é genial!

E eu também atualizei o meu blog :)

Mauricio disse...

Acho que o certo é "dizer bastante com poucas palavras".

Escrever bastante com poucas palavras é difícil né?

Abraços :)

Lucas disse...

Bacana, Bacana, Bacana!!!! nota 1000 pela criatividade!