15 de outubro de 2008

Era uma Playboy

Passei todo o caminho ensaiando como dizer que não poderia mais dar catequese, que depois de uns oito anos ensinando da maneira menos chata possível os mandamentos, eu simplesmente deixaria esse cargo.
Cheguei, sentei-me, não vi ninguém, até que um menino, o mais bagunceiro da turma, todo suado, veio até mim e disse:
- Vem catequista, tá tendo festinha do dia das crianças!
- Não, não, eu vou ficar aqui, só preciso falar com a coordenadora.
- Então tá.
Ele foi até o local da festinha e alguns minutos depois voltou:
- Olha catequista, eu peguei uns doces pra você.
E começou a tirar dos bolsos da bermuda jeans uns docinhos, todos bem amassados, misturados com uns fiapos da roupa, encheu as mãos e me entregou.
Nem me lembro se consegui agradecer, infelizmente eu não poderia voltar atrás, falei com quem deveria falar e fui embora lembrando bons momentos que tive nesta missão.
Em um desses momentos:
- Catequista, por favor, devolve a revista, não é minha é do meu irmão, eu peguei escondido.

11 comentários:

Mauricio Toczek disse...

Mas por que deixou de ser catequista? Certamente você vai fazer falta lá! Que triste.

Só uma coisa não entendo, por que playboy?

Abraços

Neto disse...

Só uma coisa não entendo, por que playboy? [2]
assim... han???

Mauricio Toczek disse...

O queeeeee?

Levaram uma playboy na catequese?

No meu tempo era bem diferente.

Michele Matos disse...

é...deixei a catequese por motivos profissionais...

layuny disse...

ou deixou por causa da playdoy?
heim heim??
ahsuahsuahs

Neto disse...

=o

Bruno Henrique disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Finito Carneiro disse...

Não entendi nada.

A festinha era para playboys que faziam catequese com doces nos bolsos dos shorts jeans?

O mundo está cada vez mais estranho...

Tatiana disse...

e no final das contas, vc devolveu?
hauahauahaha

muito boa a historieta, como sempre.

=)

Sopa das Letras disse...

Me parece que a relação entre playboy e o texto é o personagem do rapaz que dá os doces, certo?
O pessoal ficou confuso mas nesse caso pouco importou, a mensagem é o que de fato importa.
O gesto amigo do rapaz foi bem cativante!

Conheça Sopa das Letras!
www.sopadasletras.blogspot.com

Deguste essa idéia!
Alinne.

F33RR&t1 disse...

Entendi tudo e gostei.
Daqui uns dias posto alguma coisa,ta?.