30 de junho de 2008

Anjo da guarda meu bom amiguinho!

Só preciso ter noção de tempo e distância.
Paro na calçada e ao longe avisto um carro vindo em velocidade razoável, penso: "Não, não vou, não vai dar tempo." Espero um pouco e quando o carro está bem próximo eu penso: "Ah! Eu vou!"
Se isso acontecesse uma vez, tudo bem, mas sempre! Por que Deus?
No episódio de hoje eu parei na calçada e fiquei pensando na conversa que tive com uma amiga sobre possuir um pinguim, animal amável, andar simpático...Aí eu caí em si e concluí que ele morreria de frio aqui conosco. Triste atravessei a rua, dessa vez nem foi por falta de noção, simplesmente não olhei para lado nenhum. Pronto! Freios e buzinas.
O anjo que me acompanha está todo esfolado, sempre tentando parar os carros.
Quando eu fizer 27 anos e dirigir livremente por aí, pouparei os pedestres das buzinas.

6 comentários:

F33RR&+i disse...

Quando você tiver 27 não quero ser pedestre...0h0h0h0o
polpar das buzinas é atropelar de uma vez??

Mauricio Toczek disse...

Seja paciente. Uma hora ele vai mostrar a língua. É que ele está tímido.

Só não seja atropelada antes do seu aniversário. Ainda te devo o trubisquinho de bolinhas de sabão. Lembra?

F. disse...

Olá Michele, descobri seu blog pelo Pretérito Passado. Gostei muito. Quando é que você faz 27?

Michele Matos disse...

o(a) f. nao permite o acesso ao blog =/
mas brigada...
27? daqui uns 5 anos e uns meses...
=)

F. disse...

Meu blog tá bloqueado, é? E eu nem sabia disso! Pode ir lá sim. É www.casadeluanda.blogspot.com. É abertinho da Silva, tanto que tem até leitores promovidos à condição de autores...
Falta um tanto ainda para os 27, né? Seu anjo da guarda vai ter de pedir arrego antes...

F. disse...

esqueci de dizer: é "o" f. E já liberei o meu perfil... Estava bloqueado desde que sofri uns ataques xenófobos... Lendo lá no blog você vai entender.