21 de novembro de 2011

Consertos

Acho terrível quando resolvo ler, pego um livro super legal, estou empolgada com o desenrolar da história e de repente percebo que parei de prestar atenção há mais ou menos uma página. Eu li palavra por palavra, mas pensando em outra coisa. Volto no começo da página e penso: agora vou prestar atenção. Leio tudo de novo e no final percebo que mais uma vez não prestei atenção em nada. Vou dormir, porque nesse caso não adianta eu tentar me enganar, fingir que entendi e continuar a leitura. Leitura
é coisa séria, não é como fazer Babyliss. Sabe o negocinho de enrolar cabelo? Então, preciso ficar segurando ele 25 segundos em cada mecha, começo contando: Um,dois,três, quatro... Bem compassado. Minha mão cansa e acelero: cincoseisseteoitonovedez... Até 25. Acho que no tempo normal isso daria uns 10 segundos, o cabelo fica sem graça e eu resolvo alisar. É sempre assim. Se eu fosse mais concentrada e mais paciente muita coisa mudaria. Por exemplo, agora: Tem uma pessoa martelando do outro lado da parede. Cada vez que ela martela, eu digito a mesma tecla várias vezes no ritmo da martelada, já consertei esse texto diversas vezes. Tenha santa paciênccccccc

4 comentários:

Tatiana Lazzarotto disse...

Eu posso ganhar um prêmio por comentar pela primeira vez de novo?
Adorei, Mi. Principalmente o final! Essa coisa da dislexia em leitura eu também tenho. Ainda mais agora, com a multiplicação das janelas, a leitura na Internet se torna mais hipertextual e a do livro um pouco maçante.

Mauricio Toczek disse...

Pelo menos você só lê uma página antes de perceber que não está prestando atenção. Eu leio umas cinco ou seis.

Não saber o que é babyliss me torna um pouco mais masculino, eu acho.

Scheyla Horst disse...

"Se eu fosse mais concentrada e mais paciente muita coisa mudaria". Concordo pra valer!

Toninho disse...

Falta de concentração é coisa seria mesmo tenho uma amiga que quando ela chegava no trabalho eu começava a cantar qualquer musica dois minutos depois ela começava a cantar a mesma musica como eu achava legal sempre fazia isso.