22 de setembro de 2011

Pato pateta

Apenas uma passeadinha pela internet pode nos deixar surpreendido com a quantidade de gente estranha nesse mundo. As pessoas comem coisas absurdas, fazem coisas absurdas e têm medo de coisas absurdas. Eu respeito quem tem fobias, porque não sou a mais corajosa do universo, tenho medo de que saia sangue do chuveiro, de pessoas que têm sobrancelhas iguais as do Jack Nicholson e de garrafas térmicas que explodem, mas veja, são medos normais. O problema é que a mídia, ou sei lá quem, quer incutir medos que não existem e de tanto pensar nisso ficaremos loucos. Por exemplo, anatidaefobia. Sabe o que é? É medo de estar sendo vigiado por um pato. Oi? É isso. Eu não estou aqui para defender os patos, longe de mim, apenas acho que isso é ridículo, um pato não tem motivo nenhum pra vigiar alguém. Agora, se estivéssemos falando de coelho, aí seria outra história, esse papo de “sou fofinho e trago chocolate” não me convence mais não. Nada a ver com fobia, só fica a dica.

8 comentários:

Céci Maciel disse...

E quem tem essa fobia Mi???A Steffani Brito??hahahahaha

Michele Matos disse...

Huahuahuahauhauha Pode seer! Esses patos tbem geram traumas nas meninaas!

Tatiana Lazzarotto disse...

eu tenho fobias de pintas aracnídeas no rosto das pessoas!

Tatiana Lazzarotto disse...

eu tenho fobias de pintas aracnídeas no rosto das pessoas!

Michele Matos disse...

Ui, tati, imagina, uma pessoa com sobrancelha do jack Nicholson e uma pinta aracnídia...

Gabi disse...

mas olha que ouvir a voz do Pato Donald te chamando pelo nome no escuro dá medo sim!

Toninho disse...

Humm já vi muitas pessoas que são normais com fobia de elevador, de dirigir, ah tenha uma amiga que tem fobia de comer bolacha traquinhas.

Scheyla Horst disse...

Esse medo de aranhas que a Tati comentou eu também tenho, desde quando vi aquele desnecessário filme Aracnofobia. Pior que sangue são aranhas saindo do chuveiro.