2 de setembro de 2011

Mais ou menos social

Antes eu era prefeita de uma cidade e pedia salsichões no Facebook, agora não mais. Meio que larguei a cidade lá, para que cowboys a invadam e destruam tudo. Porque agora o Facebook lindão lançou um joguinho mais divertido: O The Sims Social! Sabe, é como se fosse minha vida paralela, mas lá eu tenho um losango na cabeça, adoro andar de maiô pela casa e tenho um relacionamento deveras estranho com meus vizinhos.
A graça é cumprir metas, e às vezes elas são malévolas, outro dia eu tinha que ir até a casa de um vizinho e humilhá-lo. Fiz isso, com uma pessoa que na vida real não merecia, fui lá, destratei, humilhei e chamei a mãe dela de lhama, coitada, ficou chorando e sabe o que fiz? Fui fazer xixi no banheiro dela e pior que isso: coloquei camisolinha e tirei um cochilo na cama de casal da moça! Pode isso, Arnaldo?
Eu nunca faria isso sem aquele losango na cabeça, sério. É muita cara de pau. E desde quando Lhama é xingamento de gente?

7 comentários:

Camila Rufine disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Camila Rufine disse...

É... lhama não é xingamento mesmo. Mas aposto que se você chamar uma lhama de gente, ela irá ficar bem ofendida.

Céci Maciel disse...

Gostei!!!
Não brinco nesses joguinhos, mas vou pensar no caso, já que seria um prazer chamar os curitibanos de Lhama, sendo visinho, colega de trabalho....hahahahahaha

Tatiana Lazzarotto disse...

Haha Concordo com a Camila.
Muito bom esse texto, Mi. Acho que foi o melhor que eu já li seu.

Mauricio Toczek disse...

E eu, só de sacanagem, escolhi os traços de um ogro. Agora ando peidando pela casa e não posso me controlar. Ainda bem que a vida virtual não tem cheiro.

Scheyla Horst disse...

O mais social do The Sims é comer as comidas que já estavam dentro dos micro-ondas dos vizinhos e usar os vasos sanitários alheios para não sujar o seu! Táticas de mestre.

TONINHO disse...

JÁ TIVE VONTADE DE XINGAR MUITAS PESSOAS, MAIS SEMPRE TIVE MEDO DA REAÇÃO DELAS DEPOIS. POR A VINGANÇA É DOIDA PRINCIPALMENTE PARA QUEM É A VITIMA.