9 de fevereiro de 2009

I-VO-VIU-A-U-VA

Era o primeiro dia na pré-escola, minha mãe estava preparada para ouvir meus berros desenfreados.
- Filha, a mãe volta para te buscar ao meio dia tá?
- Tá.
Ela me deu um beijo, soltou minhas mãozinhas e foi. Deu dois passos, olhou para trás e eu estava sorrindo, mais dois passos e eu já tinha me juntado à galera. Aquilo doeu um pouco no coração dela, ela esperava ao menos uma lágrima.
Se hoje ela me deixasse na pré-escola eu choraria. Para provar que sim, tenho sentimentos e porque eu sei que lá eu seria zombada quando aquelas criaturas pequenas descobrissem que a coordenação motora é nula em minhas pinturas a lápis de cor e nas palmas usadas até mesmo para marcar sílabas.
- Filha, você ficou com saudade?
- Olha mãe, desenhei você, o pai e eu...e uma nuvem. Acho que é uma nuvem.

18 comentários:

Camila Belini disse...

Eu adoro os finais dos textos da michele! É mais ou menos como os daqueles filmes que a thaisa detesta.. aí ela solta: Só isso?? Aiii que filme idiota!


beijo na bunda metralhada! :PP

Obs: A comparação não se estende à parte do idiota... eu precisava ter explicado isso? haha As vezes eu me confundo.. thaisa e michele, michele e thaisa... é td mais ou menos igual... de frente né! :)
Fica a dica! :P

Michele Matos disse...

Ou então aquela clássica:
Gente, vocês tão chorando?

CINTIABLICIDADE disse...

iauhaiuhaiuhaiu... Oi Michele...
decoro o jingle... Juro que martelo na minha cabeça um bom tempo!!
bom text... bem tipico de crianca... mas eu fui daquelas que esguelava msm!!!


bjao =**

Dom disse...

Dom
(ventoonde.blogspot.com):

A carne de nossa parece ser imortal, mesmo quando se aliena com outros do gênero a minha fração parece a melhor

e nunca deveria ter partido

Peripécias da Cáh. disse...

Eu gosto de pensar que sou criança as vezes. De brincar de faz de conta e de lembrar do primeiro dia de aula. Parece nostalgico!!!
Sei lá por que.

Beijo Míh!!

Não Enviadas disse...

Você consegue escrever mil imagens em poucas palavras.
Parabéns.

CamilaRufine

Neto disse...

eu nao lembro dessas coisas...
memória de dory :/

Gabi disse...

a chegada no jardim é bonita...
e quando todo mundo já foi e a mesma tia do portão que abraça na entrada fica com um ar de impaciência com criança mal amada,
hoje eu diria: sai do portão, eu vou sozinha!

Scheyla Joanne Horst disse...

Háha. No jardim eu chorava, nossa, e como. Tanto que saí na metade do ano, deixei para iniciar a vida social escolar no pré. É que tinha umas meninas que brigavam comigo. Meu irmão um dia me deu um palito de dente para eu me defender, haha.

Chris disse...

Também não chorei no 1° dia da pré-escola!!!
mas tbm tenho sentimentos!!!
A chirsinha ama a a chelli tah??
=**

Finito Carneiro disse...

Eu choro até hoje!

Marina Matos disse...

Verdade....rsrssrs, foi uma decepão!!! eu esperava que
ia ficar chorando como outras
crianças...
Menos mal né!...como seria se
fosse ao contrário??? bom nem pensar!!!

Guarapuavana nata. disse...

Nosssaaaa, você não sentiu medo?

Tatiana Lazzarotto disse...

Eu e meu irmão chorávamos pra ir pra escola. E minha mãe adorava, tanto q colocou a gente com fralda ainda. Odiava criança chorando. Não lembro do primeiro dia de aula, só de eu aprendendo as cores (é minha lembrança mais remota).
Adorei a parte do "soltou minhas mãozinhas". Tão lindo!
Concordo com a Camila.
Beijos!

Anônimo disse...

Legal pra caralho Michele.
Grande Abraço
Kleber Felix
www.guardanapodebuteco.zip.net

Carolina disse...

que coisa bonita.
e me lembrou um fato, que acho que vira texto. obrigad. =)

Jossan Karsten disse...

Que maravilha teu blog. Adoro blogs literários, tanto que tenho um há muitos anos. Adorei mesmo teu trabalho e espero sempre tua visita e a de teus amigos em meu blog. www.leiturapopular.com.br, beijos e muito sucesso mesmo.

Jossan Karsten disse...

É tão bom sab er que muita gente tá escrevendo e lendo. Estamos evoluindo enquanto pessoas. Teu blog é maravilhoso. Beijos e sucesso. Muito obrigado pro ter visitado o meu também. Espero novas visitas e comentários.

www.leiturapopular.com.br