20 de dezembro de 2007

Geração Futilidade

Amor Líquido: Termo Utilizado por Zigmunt Bauman para denominar a fragilidade dos laços humanos.
Isso é muito sério. Eu me envergonho da minha condição de ser humano.Estamos a cada dia nos tornando mais superficiais e sei que isso só tende a piorar.
Há muita instabilidade nos sentimentos. Hoje você diz que ama alguém, quer estar com ele pra sempre, amanhã descobre que esse alguém não é a pessoa certa e não fala mais com o indivíduo, no próximo mês é a vez de outra pessoa ideal surgir na sua vida. Claro que relacionamentos são tentativas, mas eles estão mais breves que o normal. Vivemos em uma sociedade hedonista, que busca o prazer em relacionamentos rápidos, de dois meses, ou meia hora.
As amizades também se incluem no amor líquido, são poucos os amigos de infãncia que permanecem, temos a ousadia de chamar de amigo aquele que conhecemos a poucos dias, aos poucos nos afastamos e já não existe mais amizade. Como isso é falso né?
Não me incluo fora disso tudo, falo sobre o que vivo e que me preocupa...e as novas gerações? que saudade dos anos 60...

2 comentários:

Mauricio disse...

As pessoas são superficiais porque o compromisso assusta. E se a pessoa não for a certa? E se eu descobrir que não gosto de fulana(0)? E se ela (o) me deixar?

Alguns tem a sorte de encontrar e serem encontrados pela pessoa certa. Outros encontram a pessoa certa mas a pessoa certa não os encontra. Outros ainda são encontrados pela pessoa certa, mas não conseguem enxergar.

Se olharmos por cima, notamos que não existe padrão algum. Amores eternos podem durar 1 minuto ou uma vida e a pessoa certa pode estar ao seu lado ou lá no japão. No final a felicidade depende apenas da sorte.

Ah, não tem texto novo porque estou pintando a casa junto com meu irmão. Rapazes trabalhadores. Quando o trabalho estiver pronto eu vou colocar uma foto de antes e depois e escrever um texto
explicando como foi. Acho que também vai ter um sobre as compras de final de ano.

Abraços

Mauricio disse...

Trubisco de fazer bolinhas de sabão? Sem problemas! É só você me prometer que não vai comprar nenhum até o próximo Natal. =)