3 de abril de 2011

Cores, figuras, motivos

Desliguei o microfone, tirei os fones de ouvido e pensei que falta um pouco mais de uma semana para que Guarapuava fique para trás. Eu sempre soube que um dia eu teria que voltar, mas ignorava isso, porque acho que sou a pessoa que mais se adaptou a essa cidade fria, que me acolheu e moldou minha personalidade. Não posso dizer que hoje sou madura, mas o que aprendi aqui não cabe em um pequeno texto padrão desse blog.O que importa é que sentirei saudade mesmo. Sentirei saudade até da saudade que eu sentia da minha família. O que vou levar comigo são as lembranças, do primeiro dia de faculdade, do primeiro contato com aquelas que mais tarde se mostrariam amizades verdadeiras, da mesa de bar, da mesa de som, da mesa de república com macarronada, da vizinhança, da formatura, da malandragem das ruas, das expressões guarapuavanas e principalmente, sentirei saudade disso que estou sentindo agora, da sensação de estar fazendo a coisa certa, da missão cumprida, da satisfação por ter apenas lembranças boas.
- Fia, eu tô com saudade, é verdade mesmo que você vai voltar?

12 comentários:

Carol disse...

eu tava achando bonitinho, mas daí na última frase eu fiquei com os olhos cheios de lágrimas.
acho que vou telefonar pra dar um oi pra minha vó. (:

boa sorte, michele.

Paulo Meister disse...

Vo chora ;(

Tarini disse...

Não se váá.
Não me abandone por favor, sem você vou ficar locaa (8)

COELHO, Marcieli disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
COELHO, Marcieli disse...

Não consigo comentar, na verdade não quero pensar nisso. Você nem vai nada, é tudo pegadinha do malandro néh?

Tonho disse...

Eu pensei que nunca teria que ler isso, enfim um novo horizonte se abre para você e tudo que desejo é BOA SORTE, e nunca esqueça que gosto muito de vc. Nunca comentei serio aqui, hoje é diferente...

fran disse...

ja vim aqui varias vezes...ja li e reli o texto....e to c/ a Marci não consigo comentar! :(
me ensinou mtas coisa pode ter certeza....e vai sempre comigo no meu coração!
Amo vc!

Tatiana Lazzarotto disse...

Agora você entende a minha sensação?

Adorei ler isso. Gosto de pessoas trilhando novos caminhos, mas gosto mais quando é por vontade própria, com sensação de tarefa cumprida.

Boa sorte!!! Aproveite muito sua vó! Beijo, te adoro.

Guilherme disse...

AAA filha, que ruim que é isso neh, da dor no coração da gente, agora vc vai pra mais longe ainda hipocrita! Filha eu num preciso nem comenta o quanto vc é importante e sempre será pra mim; eu nunca pensei confiar tanto em uma amiga como em vc! Eu amo muito vc sua hipocrita, eu vo visita vc e o Juninho la no Amanbai! rsrsrs

Pedro disse...

Acho q tb me adaptei bem a gorpa, até que gostava de andar a pé ou de bike... já sinto falta do frio tb, das pessoas que foram, das que ainda estão...

Cinto fauta de vc tb mi.
Se vc se sentir muito mal na sua casa tenho um remédio aqui que é bom para desânimo causado por notas baixas, pessoas maria moles, rezas com orações repetitivas em excesso, fofocas e falta de almoço.

Fica com Deus, mi

Eliziane disse...

Primeiro indício de saudade foi quando vi o jogo Imagem e Ação no Esquinão. Agora, eles são muitos...a cachinha de maquiagem do banheiro, o leite de soja na geladeira e as suas coisas no quarto, cadê?

Amo vc!

Scheyla Joanne Horst disse...

Eita, espero que tudo seja bom, onde quer que seja.