27 de dezembro de 2009

Sobre passar o rodo

Estive afastada por um tempo para me dedicar a uma pesquisa, meu objetivo era conhecer a fundo a Malandragem das Ruas, que consiste em um conjunto de técnicas responsável por fazer com que em uma festa, quando você e a Juliana Paes estiverem flertando com o mesmo mocinho, a Juliana pareça invisível.
A precursora dessas técnicas dividiu experiências comigo e me ensinou grandes lições, hoje ela já não põe em prática, pois está feliz ao lado de um dos alvos de sua Malandragem.
Se eu fosse colunista da Capricho daria dicas de como obter a Malandragem das Ruas, dicas que ajudariam meninas que já foram trocadas por grandes toupeiras acéfalas, e se algum menino lesse a revista da irmã também aprenderia a ter mais atitude. É uma pena que eu não seja colunista da Capricho, e é uma pena que por aqui não exista público-alvo para esse tipo de texto/tutorial.
Ainda sou leiga no assunto, testarei as técnicas durante o resto do verão, por enquanto posso afirmar que os resultados são positivos, mas a Malandragem não resolve todos os problemas do mundo.
- Sabe Mi, eu tenho apenas dois medos na minha vida, um deles é de me casar, o outro é de nunca me casar.

11 comentários:

Camila Rufine disse...

Hahaha

Ninguém precisa saber disso, mas passa essas técnicas para mim também.

Beijo!

Amanda Hauage disse...

Parafraseando Arnaldo Jabor (aquele cara de cabelos brancos desesperados para sair da cabeça que às vezes aparece no Jornal Nacional) tem gente que consegue ser "mestre na conquista" mesmo que tudo aponte contra. É o tal "borogodó".

Chris disse...

Te tu fosse colunista da capricho eu ateh comprava a revista!!!
ahshahshahshas
Saudades misinha
=*

Caroll disse...

Nossa..eu seria super público alvo dos seus textos da malandragem,hahahah....
O que essas acéfalas têm que não temos? Silicone em todo lugar do corpo né? affff

CINTIA disse...

HAHAHAHAHAHAHAHAHA ai Michele... me mata de ri!!!
Malandragem das ruas tem que tá no sangue mano!!!
E essa eu não tenho, se aprende, me ensina!!!

Scheyla Joanne Horst disse...

Sabe, as colunistas da Capricho são Atrevidas.

Tiago Medina disse...

Técnicas de malandragem das ruas, ou esgrima do flerte, com ouvi falar tempos atrás, sempre rendem textos legais. No mínimo engraçdos! =)

beijo

Camila Belini disse...

Isso Micheles...já que me aposentei, continua passando meu legado para frente ;)

beijo

Maris Morgenstern disse...

ppelamor de Deus divide as técnicas !

juro q se não dividir eu faço mandinga pra Juliana paes ficar visivel de novo

Carolina Bataier disse...

e esses são EXATAMENTE meus dois medos tbm. oO

Dulcinéia disse...

Eu ainda faço a pesquisa sobre a malandragem das ruas, até agora só consegui deixar a calcinha aparecendo e usar boné estilo mano. Tem certeza que existe essa malandragem???

Tem um amigo nosso que leu o texto e teve a certeza de que ele não era o público alvo.