13 de novembro de 2013

Mundo unissex

Como eu havia prometido voltar a escrever aqui no blog só quando a Sandy lançasse um clipe novo, assim estou cumprindo. Ou eu apenas pensei em prometer. Enfim, senti saudade. 
Pensei em muitas coisas nesse tempo que estive afastada, me irritei e me encantei com muita coisa. No momento só me lembro das irritações mesmo e preciso compartilhar uma delas.
Assim: Como mostram meus últimos textos, eu não suporto machismo. Depois que comecei a ler a revista TPM, me entreguei a causa feminista. Porém, tem gente que exagera né? 
Eu vi uma postagem lá na rede social do Zuckerberg que dizia: "Ideias de presentes de Natal, clique aqui e veja coisas que são unissex" Cliquei e apareceu a frase: "Todas as coisas são unissex".
Ta. Ta bom. Todas as coisas. Todo mundo usa o que quiser. Ta bom. Concordo. Mas pera aí. Vejamos o caso de um absorvente íntimo. Um homem pode usar pra conter o suor das axilas? Pode. Se for um O.B. pode enfiar no nariz ou onde preferir? Pode, claro. Mas dizer que é unissex é tão mimimi. 
E quanto ao clipe novo da Sandy, quando você tiver de bobeira, depilando a perna com o creme de barbear do seu pai, assiste. É tão bonitinho.

Nenhum comentário: